Uma compreensão psicanalítica acerca das relações extraconjugais homossexuais 1

Description
Uma compreensão psicanalítica acerca das relações extraconjugais homossexuais 1

Please download to get full document.

View again

of 24
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Information
Category:

Crafts

Publish on:

Views: 3 | Pages: 24

Extension: PDF | Download: 0

Share
Transcript
  1Uma compreensão psicanalítica acerca das relações extraconjugais homossexuais 1 Michele Melo Reghelin e Silvia Pereira da Cru !enettiR"SUM## presente artigo $usca uma maior compreensão dos processos psí%uicos associados a relacionamentos amorosos nos %uais ocorrem epis&dios de in'idelidade( )ssim* com $ase na teoria psicanalítica* pretendeu+se identi'icar as características dos  padrões de interação amorosos atuais e passados* $em como as escolhas o$jetais associadas ,s viv-ncias das relações parentais* em dois casos de mulheres envolvidas em relações extraconjugais em relacionamentos homossexuais( #s casos 'oram analisados atrav.s do instrumento /este das Relações #$jetais 0Phillipson* 2234 e de sessões de psicoterapia $reve de orientação psicanalítica( 5oi possível identi'icar nesses casos %ue as mani'estações de in'idelidade cr6nica constituem um sintoma relativo a %uestões pr.+edípicas re'erentes , tentativa de evitar o apro'undamento do vínculo amoroso* associado , experi-ncia assustadora de perda dos o$jetos parentais( "spera+se* com este tra$alho* cola$orar para o aprimoramento te&rico conceitual das %uestões amorosas* $em como para o tra$alho clínico em psicoterapias psicanalíticas(Palavras+chave7 8n'idelidade( "studo de caso( /este das Relações #$jetais( "scolha o$jetal( Psican9lise()!S/R)C//his article provides an in+depth comprehension o' the ps:chological mechanisms involved on a loving+un'aith'ul couple relationship( !ased on  ps:choanal:tical theor:* the author identi'ies the patterns o' past and current loving relationships* as ;ell as the o$ject choices $ased on the parenting relationship template( /;o case studies o' ;omen engaged in homosexual extramarital relationships ;ere anal:ed through #$ject Relations /est 0Phillipson* 2234 and through ps:choanal:tical short term ps:chotherap: sessions( /he stud: 'indings identi'ied that long term in'idelit: is a s:mptom related to pre+oedipal implications to the avoidance o' deepening the romantic relationship and to the 'rightening experience o' losing parental o$jects( /his article aims at improving the theoretical 'rame;or< to stud: loving relationships* as ;ell as the clinical practice o' ps:choanal:tical ps:chotherap:( =e:;ords7 in'idelit:( Case stud:( #$ject Relations /est( #$jectchoice( Ps:choanal:sis( 1  /ra$alho pu$licado na Revista Portuguesa de Psican9lise 021>4( ?rgão #'icial da Sociedade Portuguesa de Psican9lise( >> 014* 12>+1@(    > Aa psican9lise* srcinalmente* ao tratar so$re o tema da in'idelidade adulta* 5reud 01B121BBD4 destacou a naturea edípica dos con'litos e das escolhas o$jetais implicados nos relacionamentos amorosos* especialmente o elemento edípico da triangulação* a'irmando %ue a criança* 'ace , relação parental* pode sentir+se excluída(  Aa psican9lise contemporEnea 0Fosephs* 22DG Costa* 22H4* compreendem+se os triEngulos amorosos como possuindo raíes no complexo de Idipo* re'erindo+se ao  primeiro modelo de relacionamento amoroso* %uando a criança sente+se excluída da relação íntima %ue os pais mant-m( Con'orme Costa 022H4* . nesta etapa %ue surge*  pela primeira ve* o ciJme K este %ue possui relações estreitas com a melhor ou pior ela$oração do complexo edípico in'antil %ue determinar9 a segurança interna do indivíduo( "ntretanto* outros autores 0Mitchell* 2224 ampliaram a compreensão dos relacionamentos de pessoas in'i.is destacando os elementos narcísicos presentes nos con'litos "m geral* os tra$alhos so$re in'idelidade investigam vínculos amorosos heterossexuais* com -n'ase na traição por parte do sexo masculino( Segundo Fosephs e Shim$erg 02124* existem algumas características peculiares ao homem e , mulher nas situações de in'idelidade( # homem tende a ter $reves experi-ncias sexuais* e tem mais desejo por di'erentes 'ormas de relação sexual* en%uanto a mulher se envolve mais romanticamente com o parceiro( Ao entanto* para os autores* não h9 tanta di'erença no comportamento romEntico de homens e mulheres %uando se trata do mesmo estilo de  personalidade( "xemplo disso são as pessoas com a personalidade evitativa eou narcísica* %ue tendem a ter mais atitudes permissivas no sexo* incluindo a relação sexual 'ora do relacionamento( )pesar das di'erenças existentes entre homens e mulheres no %ue tange ao desejo er&tico e ao amor sensual* pontua =ern$erg 01BB@4* am$os apresentam experi-ncias em comum %ue se srcinam na situação edípica* %ue . um organiador 'undamental para cada um individualmente* como para as 9reas nas %uais o casal interage( Considerando %ue os arranjos conjugais não se constituem somente pelos vínculos heterossexuais este artigo discute a %uestão da in'idelidade no caso especí'ico de duas mulheres com relacionamentos extraconjugais homossexuais( 8nicialmente* ser9 apresentada a compreensão de autores psicanalíticos contemporEneos so$re a in'idelidade conjugal so$ o v.rtice da perspectiva te&rica das relações o$jetais*  Ldestacando+se principalmente os aspectos narcísicos e edípicos envolvidos no processo de escolha de o$jeto( ESCOLHA OBJETAL, COMPLEXO DE ÉDIPO E NARCISISMO Segundo ieira 022B4* a teoria proposta por 5reud no %ue tange ao estudo da homossexualidade . contradit&ria* ainda %ue o'ereça grande contri$uição ao  pro$lematiar %ue a heterossexualidade vai al.m dos imperativos $iol&gicos( Stu$rin 01BB34 tam$.m a'irma %ue 5reud não consegue a$arcar toda a explicação da homossexualidade atrav.s do complexo de Idipo e da angJstia de castração( Aesse sentido* Ceccarelli 02234 a'irma %ue não h9 um consenso na psican9lise so$re o signi'icado da homossexualidade* pois h9 di'iculdade em determinar o processo de escolha de o$jeto homo ou heterossexual* al.m de não existir um Idipo correto %ue determine a homossexualidade ou a heterossexualidade( /radicionalmente* 5reud 01B121BBD4* re'erindo+se aos homossexuais como NinvertidosO* de'iniu %ue se deve $uscar compreender tais sujeitos atrav.s da sua atitude emocional e não de seu comportamento real( iante disso* 5reud 01B2@1BBD4 deixou claro %ue a homossexualidade se trata de uma orientação sexual tão legítima %uanto , heterossexualidade( )ssim* Mcougall 01BBH4 considera %ue devemos 'alar em homossexualidades no plural* por haver variações no ato* no o$jeto e na estrutura da  personalidade* tanto como nos heterossexuais(Qogo* re'ere Ceccarelli 02234* a expressão da sexualidade não de'ine o sujeito e* portanto* não existe um sujeito heterossexual* homossexual ou $issexual e sim* moções pulsionais e movimentos identi'icat&rios %ue se mani'estam nas escolhas o$jetais( esta maneira* a in'idelidade pode acometer %ual%uer g.nero* con'iguração vincular ou orientação sexual( Aesse sentido* nada in'orma so$re a saJde psí%uica do sujeito* pois* antes de ser homossexual* trata+se de um sujeito com angJstias* medos e neuroses 0Ceccarelli* 2234( )'inal os con'litos psí%uicos se organiam por outros motivos 0Stu$rin* 1BB34(essa 'orma* a escolha o$jetal e a capacidade de intimidade são processos  psí%uicos 'undamentais para o esta$elecimento de relações amorosas na vida adulta( 5undamentalmente* conce$e+se a escolha o$jetal como resultando de um processo maturativo psí%uico no %ual* ap&s o complexo de Idipo* tanto o menino %uanto a menina esta$elecem identi'icações %ue servirão de $ase para vínculos 'uturos( "m torno dos cinco anos de idade* a criança desco$re seu primeiro o$jeto de amor em um dos pais e os seus instintos sexuais se reJnem nesse o$jeto 05reud* 1B11BBD4( Posteriormente* a  @repressão constitui+se* ini$indo os instintos sexuais e tornando+os inconscientes( 9 renJncia dos o$jetos sexuais in'antis* acarretando modi'icações na relação com os pais e tornando a'etuosas as emoções %ue se esta$elecem( )pesar de esse processo resultar na renJncia dos o$jetos de amor primitivos* h9 di'erenças em relação ao desenvolvimento no menino e na menina( Ao primeiro caso* ao explicar o complexo de Idipo masculino* 5reud 01B121BBD4 re'ere %ue o menino 'antasia %ue todos possuem um p-nis como ele* inclusive sua mãe( )o deparar+se com a di'erença e constatar %ue as meninas não o t-m* so're uma 'alta intoler9vel e conclui %ue elas o t-m de 'orma pe%uenina( Somente mais tarde perce$e %ue isso não . possível*  passando a achar %ue ele 'ora cortado* 'icando apenas uma 'erida( Aeste momento* inicia+se o medo de ser castrado* o %ue desperta grande interesse pelo p-nis( Ser9  preciso %ue o menino a$ra mão do o$jeto de amor 0mãe4 para se identi'icar com o pai 05reud 1B>11BBD4 e assim instaurar o superego() menina* por sua ve* acredita %ue em uma .poca anterior teve um p-nis e considera normal %ue o perca na idade adulta 05reud* 1BL1BBD4( Por.m* ao desco$rir %ue . castrada* a menina inicia o Idipo( Rejeitando a mãe e assustada por sentir+se inferior aos meninos* a$andona sua masculinidade e sua sexualidade em geral( Se o pai  permanece como o$jeto de amor* a$re+se o caminho para o 'eminino no Idipo 05reud 1B>11BBD4( 8sso signi'ica assumir o lugar da mãe e adotar uma atitude 'eminina para com o pai* ocasião em %ue a renJncia ao p.nis implica uma compensação7 de %ue ter9 um $e$. do pai( "ntretanto* como isso não acontece* o Idipo termina 05reud* 1BL1BBD4( )ssim* a dissolução do Idipo acontece pela impossi$ilidade de 'icar com o o$jeto amado 05reud* 1BL1BBD4( "m  A Sexualidade Feminina * 5reud 01B>11BBD4 aponta %ue . preciso trocar o o$jeto srcinal mãe  K 'igura %ue a alimentou e cuidou K por algu.m %ue se assemelhe ou %ue dela derive* ou seja* o pai( Conse%uentemente* deve haver uma mudança do sexo do o$jeto* caracteriando o primeiro amor da menina como um amor homossexual pela mãe( Portanto* devido ao 'ato de a menina possuir &rgãos genitais castrados* ela deve lutar para atingir a 'eminilidade( Se a inveja pelo p.nis 'or excessiva* a menina* em sua 'antasia* ter9 um p.nis atrav.s de %ualidades masculinas %ue o su$stituirão 0Stoller* 1BB>4( )o recusar ser castrada* pode adotar a posição de %ue realmente possui um p.nis* comportando+se como um homem 05reud* 1B@1BBD4 e* caso resolva a'irmar sua masculinidade e tenha como o$jetivo a $usca de um p.nis $em como a 'antasia de ser homem* pode aca$ar por 'aer uma escolha o$jetal homossexual 05reud* 1B>11BBD4(
Related Search
Similar documents
View more...
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks