Lição 3. O Crente e os Movimentos Sociais. 2º Trimestre de 2018.

Description
1. Desde “os caras pintadas” no governo Fernando Collor, até as manifestações mais recentes, temos visto o crescimento do número de grupos que se organizam e saem…

Please download to get full document.

View again

of 26
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Information
Category:

Education

Publish on:

Views: 3 | Pages: 26

Extension: PDF | Download: 0

Share
Transcript
  • 1. Desde “os caras pintadas” no governo Fernando Collor, até as manifestações mais recentes, temos visto o crescimento do número de grupos que se organizam e saem às ruas a favor ou contra alguma resolução, opinião, fato, etc. Infelizmente, muitos movimentos sociais estão comprometidos com ideologias maléficas e contrárias às Sagradas Escrituras.
  • 2. Precisamos ter cuidado! Temos visto que as manifestações causam transtornos e prejuízos ao patrimônio público, produzindo violência e anarquia.
  • 3. 1. Orando pelos Governantes A Palavra de Deus afirma que "quando os honestos governam, o povo se alegra; mas. quando os maus dominam, o povo reclama" (Pv 29.2). Por isso, precisamos nos informar bem e orar antes de votar. O voto é algo muito importante. Depois, não adianta sair por aí fazendo parte de movimentos sociais, e, muitas vezes sendo massa de manobra nas mãos dos ímpios. O Crente deve ter sabedoria e discernimento frente aos movimentos sociais.
  • 4. 1. Orando pelos Governantes A Constituição Brasileira garante a todos os cidadãos direitos básicos, tais como: Mais na prática.... Saúde Educação Moradia Transportes
  • 5. 1. Orando pelos Governantes Sabemos que a realidade é bem diferente.
  • 6. 1. Orando pelos Governantes
  • 7. 1. Orando pelos Governantes Lamentavelmente, vivemos tempos difíceis em que a corrupção e a cobiça têm provocado o sofrimento de muitas pessoas. Se você mora em comunidades carentes ou próximo de uma, onde os serviços básicos não são garantidos, sabe da triste realidade de que estamos falando.
  • 8. 1. Orando pelos Governantes Porém, o crente não pode sair por aí anarquizando, pois a Palavra de Deus nos ensina que temos que submeter-nos às autoridades: “Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus” (Rm. 13.1). O Cristão tem uma “arma” poderosa, capaz de mudar toda e qualquer situação – a oração, Sim, temos um Deus que ouve e responde à oração do seu povo (Jr. 33.3). A Bíblia nos ensina a orar pelos que estão no governo, independente do seu partido político: “Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens, pelo reis e por todos os que estão eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade” (1 Tm. 1.1,2). Se quisermos uma sociedade melhor, precisamos orar mais, viver e proclamar o Evangelho de Cristo.
  • 9. 2. Movimentos Sociais?
  • 10. 2. Movimentos Sociais? Evidentemente, o crente deseja uma sociedade melhor, embora saibamos que a nossa pátria é no Céu: “Mas a nossa cidade está nos céus, donde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo” (Fp 3.20). Mas desejar uma sociedade melhor (não há nada de errado nisso), não justifica que alguns crentes acabem participando de movimentos sociais violentos, contrários à fé cristã. Isso não agrada a Deus!
  • 11. 2. Movimentos Sociais? Infelizmente, alguns jovens cristãos, influenciados por professores e colegas, apoiam todo tipo de movimento e participam de manifestações sem critério algum. Cuidado! Lembre-se de que o inimigo está ao nosso redor tentando nos enganar para nos destruir. “Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar” (1 Pe 5.8)
  • 12. 2. Movimentos Sociais? Algum colega da escola poderá dizer que você tem mentalidade arcaica porque não é a favor dos “direitos de determinadas minorias”, mas a verdade é que você tem compromisso com Deus e sabe que o Senhor deseja que todos tenham uma vida abundante nEle, aqui e na Eternidade. Por isso diga “NÃO” aos movimentos sociais contrários à Palavra de Deus. Não somos a favor dos movimentos sociais que usam a violência e o anarquismo, depredando o patrimônio público, entrando em confronto com as autoridades policiais causando prejuízos a terceiros e levando pessoas inocentes ao sofrimento e até à morte. Tais movimentos não merecem nosso apoio, nem a nossa participação.
  • 13. 2. Movimentos Sociais? QUAIS SÃO OS MOVIMENTOS SOCIAIS CONTRÁRIOS À PALAVRA DE DEUS?
  • 14. QUAIS SÃO OS MOVIMENTOS SOCIAIS CONTRÁRIOS À PALAVRA DE DEUS?
  • 15. QUAIS SÃO OS MOVIMENTOS SOCIAIS CONTRÁRIOS À PALAVRA DE DEUS?
  • 16. QUAIS SÃO OS MOVIMENTOS SOCIAIS CONTRÁRIOS À PALAVRA DE DEUS?
  • 17. QUAIS SÃO OS MOVIMENTOS SOCIAIS CONTRÁRIOS À PALAVRA DE DEUS? Violência.
  • 18. 3. Um Deus que ama a JUSTIÇA Temos um DEUS que ama a Justiça e que se preocupa com os necessitados e carentes: “Que faz justiça ao órfão e à viúva e ama o estrangeiro, dando-lhe pão e veste” (Dt. 10.18) Deus é justo e repudia a injustiça em todos os aspectos. Porém, sob pretexto de protestar contra a injustiças, sair por ai cometendo outras também não é o caminho. Os fins não justifica os meios. Precisamos seguir o exemplo de Jesus, transformar a realidade das pessoas pregando e praticando atos de justiça e amor e sendo pacificadores (Ef. 2.14-17).
  • 19. 3. Um Deus que ama a JUSTIÇA Quando Jesus veio ao mundo, os judeus estavam sob o jugo do Império Romano. Por isso, o povo queria um Messias que os libertasse politicamente. Por diversas vezes, os líderes judaicos disseram a Jesus: “Se tu és o Cristo, dize-no-lo abertamente” (Jo 10.24)
  • 20. 3. Um Deus que ama a JUSTIÇA Siga o exemplo do Mestre. Dedique sua força e sabedoria em prol da Justiça do Reino, surpreendendo e transformando o mundo ao viver e levar a mensagem do Evangelho, não com passeatas violentas, que envergonham o nome do Senhor. Eles só queiram que Jesus expulsasse os romanos e usasse seu poder de modo errado. Jesus deixou claro que o seu Reino não pertence a este mundo (Jo 18.36). Ele veio para salvar os perdidos (Lc 19.10), não para se envolver em disputas politicas. Jesus se dedicou à implantação do Reino de Deus e nos comissionou a levá-lo adiante.
  • Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks