As Atividades Práticas de Campo na Educação para o Desenvolvimento Sustentável: um processo de avaliação

Description
Resumo Na Educação para o Desenvolvimento Sustentável as atividades práticas de campo assumem um papel importante, uma vez que possibilitam uma perceção e reflexão mais objetivas dos problemas locais, numa perspetiva global. Neste sentido, o trabalho

Please download to get full document.

View again

of 15
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Information
Category:

Music

Publish on:

Views: 12 | Pages: 15

Extension: PDF | Download: 0

Share
Transcript
    1   As Atividades Práticas de Campo na Educação para o Desenvolvimento Sustentável: um processo de avaliação Estefânia Ramos Pires  (1) , Celeste Romualdo Gomes †  (1,2) , Gina Pereira Correia (2) , Isabel Maria O. Abrantes (3) , e    Alcides Castilho Pereira (1) , (1)  Departamento de Ciências da Terra, Universidade de Coimbra, Largo Marquês de Pombal, 3000-272, Portugal. (2) CITEUC, Rua do observatório s/n, Almas de Freire - Sta Clara, 3040- 004, Coimbra, Portugal (3) CEF, Departamento de Ciên-cias da Vida, Universidade de Coimbra, Calçada Martim de Freitas, 3000-456, Portugal. estefania_pires@hotmail.com; romualdo@dct.uc.pt; gi-na_maria@sapo.pt; isabel.abrantes@uc.pt; apereira@dct.uc.pt; † Falecida em ja-neiro de 2016 Resumo  Na Educação para o Desenvolvimento Sustentável as atividades práticas de campo assumem um papel importante, uma vez que possibilitam uma perceção e reflexão mais objetivas dos problemas locais, numa perspetiva global. Neste sentido, o trabalho de campo é uma estratégia de ensino a privilegiar no desen-volvimento de aprendizagens, assim como das respetivas competências subja-centes. O presente estudo pretendeu avaliar a contribuição de uma atividade  prática de campo, desenvolvida e implementada segundo o modelo organizaci-onal de Orion, no concelho de Ourém (Santarém) para a aprendizagem de con-teúdos no âmbito do domínio Gestão sustentável dos recursos e subdomínio Re-cursos naturais -utilização e consequências, do 8.º ano de escolaridade. Os par-ticipantes na atividade prática de campo foram 66 estudantes do 8.º ano de es-colaridade, destes 17 participaram na sua avaliação. Os instrumentos utiliza-dos foram um teste diagnóstico (pré e pós-teste), uma grelha de observação  participante e um questionário e os métodos de análise consistiram na análise de conteúdo e no tratamento dos dados utilizando o Excel. Os resultados obti-dos permitiram concluir que a implementação desta atividade prática foi muito importante para completar e complementar o conhecimento d os estudantes,   para a consciencialização das questões relacionadas com a gestão sustentável dos recursos e para o desenvolvimento de competências, definidas nos docu-mentos curriculares oficiais.  Palavras-chave: Educação para o Desenvolvimento Sustentável, Ourém, recur-sos naturais, atividades práticas de campo.  Abstract The fieldwork activities in Education for Sustainable Development have an im- portant role, as they contribute for a more objective perception and reflection of the local problems in a global perspective. Therefore, the fieldwork is consid-ered a teaching strategy to favour the development of learning, as well as the respective underlying competencies. This study aimed to evaluate the contribu-tion of a fieldwork, developed and implemented according to the organizational model of Orion, in the municipality of Ourém (Santarém) for learning the sub- jects related with the sustainable management of resources domain and Natu-ral Resources - use and consequences subdomain, in the 8th grade. Participants were 66students from the 8th grade, these 17 participated in the review. The in-struments used were a diagnostic test (pre and post), a participant observation grid and a questionnaire and the data analysis methods were content analysis and the data analysis in Excel. The results revealed that the implementation of this activity contributed to complete and complement the students ’   knowledge, awareness of issues related to the sustainable management of resources and development of competencies, as defined in the official curricula documents.  2    Keywords: Education for Sustainable Development, fieldwork activities, natu-ral resources, Ourém. Introdução  As atividades práticas de campo (APC) fomentam uma aprendizagem formal, sendo fundamentais para o processo de aprendizagem, uma vez que possibilitam a construção de conhecimento fora da sala de aula num contexto mais descontra-ído, promovendo um confronto com situações do mundo real (Marques & Praia, 2009; Orion, 1993; Orion & Hofstein, 1994; Praia & Marques, 1997; Rebelo & Marques, 2000). Estas atividades são, ainda, consideradas mobilizadoras do empenho dos estudantes contribuindo para o desenvolvimento de uma atitude eticamente responsável, pois possibilitam a compreensão dos processos geológi-cos em articulação com a sociedade e o ambiente (Marques, Praia & Andrade, 2008). O modelo organizativo de atividades práticas de campo de Orion (1989, 1993, 2001) é de raiz construtivista e favorece um impacte positivo das ativida-des de exterior ao nível do Ensino Básico (Salvador & Vasconcelos, 2007). Po-rém, apesar das vantagens inerentes à realização de trabalho de campo, este ra-ramente é realizado nas escolas portuguesas (Chaves, 2004) e quando imple-mentado é do tipo ilustrativo, sem contextualização curricular. Muitas dificulda-des como a falta de familiarização com a filosofia e organização de APC e as de caráter administrativo/logístico são fatores que justificam esta constatação (Orion, 2001; Orion, Hofstein, Tamir & Giddings, 1997). No enunciado das Metas Curriculares estão patentes a exigência da implementa-ção de atividades práticas, a necessidade de conhecer e de proteger o meio que envolve as escolas e os contextos regionais onde estas se situam, bem como a im-portância dos estudantes conhecerem a tecnologia ao dispor da sociedade no sentido de promover um desenvolvimento sustentável (Bonito et al., 2013).  A importância deste estudo para a evolução das sociedades humanas, resulta do facto de ter como base uma proposta de casos que têm importância local e regio-nal, dando ênfase ao binómio modificações ambientais versus  recursos naturais. Tanto nas Orientações Curriculares para o terceiro ciclo do Ensino Básico –  Ci-ências Físicas e Naturais (Galvão et al., 2001), como nas Metas Curriculares para o 8.º ano (Bonito et al., 2013) é reforçada a necessidade de incluir componentes locais e regionais no currículo, consagradas nos projetos educativos das escolas e sempre alinhadas pelos objetivos gerais que enformam o currículo nacional. Nes-te contexto, familiarizar o estudante com a região envolvente poderá constituir uma mais-valia e um incentivo para a compreensão de temáticas lecionadas em contexto de sala de aula (e.g. Correia & Gomes, 2011). Pelo exposto considera-se importante a realização de estudos de investigação que incidam sobre a aplicação do APC no ensino das Geociências e na avaliação do seu impacto junto dos estudantes participantes. Nesta linha, o objetivo principal deste estudo foi avaliar uma APC desenhada, planeada, implementada e desen- volvida, no âmbito do ensino e aprendizagem do domínio Gestão sustentável dos    3   recursos e subdomínio Recursos naturais –  utilização e consequências, da disci-plina de Ciências Naturais do 8.º ano de escolaridade. A APC foi organizada se-gundo o modelo organizacional proposto por Orion (1989, 1993, 2001) e decor-reu em três fases: 1.ª fase –  aula de preparação, 2.ª fase - aula de campo e 3.ª fa-se –  aula de síntese. Para o efeito foram elaborados recursos pedagógicos e ins-trumentos de avaliação a utilizar nas diferentes fases da APC. Metodologia  Participantes O estudo decorreu na área do concelho de Ourém (Santarém) e foi desenvolvido no âmbito do Projeto FSE/CED/83453/2008 Otimização do Ensino das Ciências Experimentais, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Partici-param 66 estudantes do 8.º ano de escolaridade, entre os 13 e os 15 anos, perten-centes a duas escolas públicas e rurais do centro de Portugal. Estes estudantes foram acompanhados por 4 professores. No entanto, apenas 17 estudantes res-ponderam ao questionário de avaliação desta atividade. Esta amostra é do tipo não probabilístico e de conveniência, selecionada empíri-ca e intencionalmente, pelo facto dos estudantes participantes frequentarem a disciplina de Ciências Naturais do 8.º ano de escolaridade. Técnicas e instrumentos da recolha de dados Os instrumentos utilizados foram testes diagnóstico (pré e pós), que apesar da diferente designação foram iguais tendo sido aplicados na fase de preparação e na fase de síntese respetivamente, uma grelha da observação participante e um questionário de avaliação da APC. O teste (pré/pós) é constituído por 17 questões de escolha múltipla com 4 opções de resposta, para cada questão (Figura 1).  4   Figura 1 –  Teste (pré e pós) diagnóstico.    5   Figura 1 –  Teste (pré e pós) diagnóstico (Continuação).
Related Search
Similar documents
View more...
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks