A PROVA EM VÍDEO NO PROCESSO PENAL SOB UM ENFOQUE DE DIREITOS HUMANOS

Description
This dissertation deals with the video evidence in the Brazilian criminal process and tries to analyze it under a human rights approach. It starts from the idea that the ability to make videos spread throughout society and, therefore, has become a

Please download to get full document.

View again

of 87
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Information
Category:

Medicine, Science & Technology

Publish on:

Views: 4 | Pages: 87

Extension: PDF | Download: 0

Share
Tags
Transcript
    UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE DIREITO PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU   EM DIREITO MESTRADO EM DIREITO E INOVAÇÃO ALEXANDRE SILVA DE SOUZA A PROVA EM VÍDEO NO PROCESSO PENAL SOB UM ENFOQUE DE DIREITOS HUMANOS. Juiz de Fora 2016    ALEXANDRE SILVA DE SOUZA A PROVA EM VÍDEO NO PROCESSO PENAL SOB UM ENFOQUE DE DIREITOS HUMANOS. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Direito e Inovação da Universidade Federal de Juiz de Fora como requisito parcial a obtenção do grau de Mestre na área de concentração Direitos Humanos e Inovação sob orientação do Prof. Dr. Vicente Riccio e co-orientação da Profa. Dra. Clarissa Diniz Guedes. Juiz de Fora 2016    FOLHA DE APROVAÇÃO  ALEXANDRE SILVA DE SOUZA A PROVA EM VÍDEO NO PROCESSO PENAL SOB UM ENFOQUE DE DIREITOS HUMANOS. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Direito e Inovação da Universidade Federal de Juiz de Fora como requisito parcial a obtenção do grau de Mestre na área de concentração Direitos Humanos e Inovação sob orientação do Prof. Dr. Vicente Riccio e submetida à Banca Examinadora composta pelos membros: Orientador: Prof. Dr. Vicente Riccio Universidade Federal de Juiz de Fora Profa. Dra. Clarissa Diniz Guedes Universidade Federal de Juiz de Fora Prof. Dr. Flávio Mirza Maduro Universidade Estadual do Rio de Janeiro PARECER DA BANCA ( ) APROVADO ( ) REPROVADO Juiz de Fora, de de 2016    Dedico esta dissertação a Lêda Wanda da Silva de Souza, minha mãe e Mário de Souza, meu pai ( in memorian ) que sempre deram valor à educação e apoiaram minhas escolhas mesmo quando não as entendiam.    Agradeço a todos que auxiliaram em meu caminho para o cumprimento desta etapa do meu desenvolvimento acadêmico. Ao meu orientador, Professor Vicente Riccio e à Professora Clarissa Diniz Guedes pela constante ajuda na elaboração dessa monografia, indicação de bibliografias relevantes e, principalmente sobre os esclarecimentos sobre a carreira acadêmica. À professora. Mestre Beronalda Messias da Silva que eu conheci como orientanda do prof. Vicente e cujo sucesso foi inspiração para que eu também buscasse o grau de mestre. Aos colegas de mestrado, desde os que me precederam, passando pelos meus contemporâneos até aqueles que nos sucederam. O convívio com vocês foi engrandecedor. Aos alunos de graduação que me deram a oportunidade de ser seu professor durante o período do estágio de docência na disciplina Teoria do Estado e da Constituição. Ao s TAE’s do departamento de Direito da UFJF e secretários da graduação e do mestrado por todo suporte oferecido. À minha mãe e ao meu irmão Gustavo por tudo. À UFJF, à faculdade de Direito, ao Mestrado em Direito e Inovação e à Pró-Reitoria Adjunta de Pós-graduação e aos órgãos financiadores que apoiam a formação acadêmica no Brasil. Aos meus primos que já tinham passado por isso e me mostraram o caminho das pedras. Em especial à Tatiana, minha mulher, que sempre me apoiou, acreditou na minha capacidade e ainda teve que lidar com o meu mau humor quando algo dava ou parecia que daria errado. Obrigado, amor!
Related Search
Similar documents
View more...
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks